sábado, 3 de dezembro de 2011

Poderes da Mandala

 
Mandala é um círculo com diversos símbolos carregadas de significados, forças e poderes. Ela tem efeito terapêutico e libertação da alma para a pessoa que visualiza, observa e pinta uma Mandala.
O círculo representa o mundo visível em contato com o transcendental. Os símbolos e as cores representam as forças e os poderes cosmo.
O Universo é uma grande madala composta de infinita mandalas das mais diversas dimensões.
Da Unidade nascem à multiplicidade de mandalas encantadoras, brilhantes, cheio de energia restauradora e revigorante. É uma arte antiga que fascina nossos olhos e desperta a nossa imaginação.
A mandala mágica serve de terapia para quem desenha, pinta e observa os seus fascínios.
Nela está integrada a arte, a magia e a psicologia.
A mandala é capaz de responder inúmeras perguntas sobre uma pessoa e o cosmo. Ela consegue revelar o melhor para nos seguir.
O entendimento da mandala está relacionado com a polaridade, com o espaço e o tempo.
Segundo Celina Fioravanti a mandala nos conduz a 32 caminhos de sabedoria, etapas de evolução espiritual. Ao adquirir a consciência, a alma chega no que é chamado de Consciência. Na encarnação, a alma passa por quase todos os caminhos da Sabedoria e vai extraindo de cada caminho novo estado de consciência para esta vida.
As cores nas mandalas tem uma função terapêutica e revigorante.
A cor azul conduz ao mundo harmonioso, sereno e de paz. A cor azul trabalha o nosso eu equilibrando a nossa energia.
O azul-índigo nos transmite firmeza, segurança e coragem.
O azul claro e o azul-celeste nos fazem sentir calmos e protegidos da agitação do dia a dia. Também é aconselhável contra a insônia. Mas o azul escuro em excesso pode produzir depressão.
cor azul estão associados aos signos Peixes, Libra, Aquário e Sagitário.

                                                        Intuição - Marcelo Dalla

A cor rosa beneficia o relacionamento conjugal transmitindo equilíbrio emocional, harmonia, confiança. Estimula o amor, a alegria e a felicidade.
O rosa é uma cor descontraída, que influi nos sentimentos convertendo-os em amáveis, suaves e profunda.
A cor rosa está associada ao signo de Libra.

                                                                     Marcelo Dalla

O verde tem uma forte afinidade com a natureza e nos conecta com ela. Essa cor beneficia o tratamento do corpo físico, nos leva para o mundo do otimismo e da esperança.
O verde nos cria um sentimento de conforto e relaxação, de calma e paz interior, que nos faz sentir equilibrados interiormente.
A cor verde-escuro  está associada aos signos de Touro, Libra, Virgem, Capricórnio  e o verde-mar estão associados aos signos de Aquário e Peixes .

                                                          Seiva da vida - Marcelo Dalla
      
O vermelho simboliza o poder, é a cor que se associa com a vitalidade e a ambição. 
O vermelho combate o desânimo, a tristeza, a cansaço físico, estimula a paixão e a sexualidade. Mas o excesso do vermelho pode gerar irritabilidade e causar insônia.
A cor vermelha está associada com os signos de Áries e Escorpião.

                                                                 Marcelo Dalla

O amarelo é uma cor ativadora, desperta o raciocínio, a comunicação e a transformação. Essa cor contribui para a felicidade e a constante busca do progresso, do sucesso e da riqueza. É uma cor brilhante, alegre, que simboliza o luxo. O amarelo está associado ao Deus Sol, à abundância, a riquezas e ao poder. Também estão relacionadas com os grandes ideais, a sabedoria e os conhecimentos. O excesso do amarelo prova insegurança e medo. O amarelo-dourado está associado com os signos de Gêmeos, Leão  e o amarelo ocre estão associados aos signos de Touro e Virgem.
                                                                         Iris mágica-Marcelo Dalla 
O violeta e o roxo são cores de transformação do mais alto nível espiritual e mental, capazes de combater a insegurança, a timidez, o desiquilíbrio emocional e contribuir para a paz. Elas têm um efeito de limpeza astral e libertação. Também nos conectam com os impulsos musicais e artísticos, o mistério, a sensibilidade, a beleza e os grandes ideais - inspirando-nos sensibilidade, espiritualidade e compaixão. As pessoas que se sentem atraídas por ele devem ter cuidado para não se deixar levar e viver num mundo de fantasia.
A cor roxa está associada com a proteção psíquica. Estas cores estão associadas aos signos de Peixes, Aquário e Sagitário.
    
Cúpula do poder-Marcelo Dalla

O laranja estimula a credibilidade no seu eu, regenera e restaura. Quando essa cor aparece numa mandala à pessoa deve usar essa energia das cores e dos símbolos para ativar os seus campos magnéticos, equilibrar sua aura para harmonizar com o Cosmo.
A cor laranja está associada ao signo de Leão.

Chakra dos pés-Marcelo Dalla

A cor marrom está associada com a Mãe Terra. Essa cor nos dá a sensação de estabilidade e afasta a insegurança. Essa cor marrom está associada aos signos de Touro e Virgem. No entanto, está relacionado à repressão emocional e ao medo ao mundo exterior.  


                                                                  Ancestral-Marcelo Dalla
O preto neutralizar as energias nocivas e as energias desarmoniosas. Está relacionado com o silêncio, o infinito e a força passiva feminina e misteriosa. Mas o excesso do preto pode nos conduzir ao mundo sombrio e ao comodismo. A cor preta está associada ao signo de Capricórnio.

                                                          Caminho do meio-Marcelo Dalla                 
A cor cinza é a cor da evasão, da independentemente e da libertação. Está associada à independência, à autossuficiência, ao autocontrole: é uma cor que atua como escudo contra as influências externa. A cor cinza está associada aos signos de Gêmeo e Aquário.     
                                                                                Aliança-Marcelo Dalla
No final do século XIX os artistas plásticos europeu inovaram a mandala criando uma nova estética, na qual predomina a inspiração na natureza e incorporou assunto relacionado o momento como a Revolução Industrial, a flora e a fauna europeia. Na arte abordaram também os santos católicos, torre bellesguard, cripta da colônia Guell, ladrilhos das catedrais a fim de enaltecer e favorecer o centro político do vaticano.
Autora: Rainna Tammy

 
Fonte de Pesquisa

DAHLKE, Ruduger. Formas que representam a harmonia do cosmo e a energia divina/tradução Margit Martincic. 1 ed. - São Paulo: Pensamento, 2007.

DALLA, Marcelo. Astrologia & Arte: galeria das mandalas http://marcelodalla.blogspot.com, acesso 03/12/2011. 


FIORAVANTI, Celina. Mandalas - 32 caminhos de sabedoria. 1 ed. - São Paulo: Pensamento, 2004. 


FIORAVANTI, Celina. Mandalas: como usar a energia dos desenhos sagrados. 1 ed. - São Paulo: Pensamento, 2007.


VIDAL, Montserrat. Mandalas modernistas: a arte cartolã/tradução: Sandra Martha Dolinski. - São Paulo: vergas & Riba Ed., 2009.

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                     WINTHER, Marco. Mandalas dos nove caminhos do eneagrama. - São Paulo: Pensamento, 2003.