segunda-feira, 4 de março de 2013

Meditação


Meditação é um exercício mental que consiste em parar as ondas mentais, esvaziar a mente de quaisquer pensamentos, suprimir a instabilidade da consciência, normalmente com o auxílio de um mantra.
A meditação passa, necessariamente, pela técnica de se concentrar, de direcionar o foco da atenção, através da mobilização da vontade, para um determinado estado consciência, no qual é acessível o entendimento de si mesmo.
A meditação é uma arte ancestral, que remonta à origem do ser humano¹. Não se sabe ao certo de onde ela provém, mas é certo que ela se propagou em vários povos e culturas distintas, foi conhecida de formas diferentes em cada região do Planeta, atingiu o ápice asiático. Alguns historiadores acreditam que a meditação provavelmente originou no Egito, onde os iniciados tinham que aprender domar a mente para obedecesse a ordem do comando. A mente, embora repleta de recursos preciosos e nebulosos, comporta-se muitas vezes de forma imatura, gerando o caos no qual vivemos mergulhados.
Os egípcios usavam diversas artes, diversos símbolos, hinos e outros poderes ocultos durante o encontro com o divino através da meditação.

 
Primeiramente devemos escolher roupas largas que ofereça comodidade, um local silencioso, arejado e limpo. O quarto de dormir é o ideal ou próximo a uma fonte, num monte, numa rocha. Isso fica o seu critério. Procure acomodar em posição confortável, com vestimentas leves e procure relaxar.

Feche os olhos, silencie a mente, inspire e expire durante 5 vezes. Procure desligar o seu pensamento de qualquer tipo de problema e concentre. Mas se você estiver com dificuldade de concentrar, chacoalha o corpo suavemente por algum minuto, ouça música instrumental e retorne fazer os exercícios.
Faça a sua oração espontânea e procure entrar em conexão com o Cosmo por sete minutos. Faça a sua reflexão, agradeça aquilo que você deseja, pois o Universo entenderá que você já tomou posse de todas as riquezas e enviará tudo com rapidez. Não tome nenhuma decisão precipitada, ore, reflita e a solução surgirá no momento da meditação. Crie o hábito, o gosto pela meditação e medite todos os dias. A oração é o alimento da alma, Uma alma bem alimentada torna resistente, forte como rocha e que nenhum infortuno irá prejudicar.
A meditação age como uma vacina preventiva.  Cada dia os minutos irão aumentando até atingir vinte minutos.
Esta é outra técnica poderosa que gera um círculo de energia, resultando num centramento natural. São quatro estágios de 15 minutos cada. 

Primeiro Estágio: 15 minutos
Com os olhos abertos corra sem sair do lugar, comece devagar e gradualmente, vá cada vez mais rápido. Eleve seus joelhos tanto quanto possível. Respirando profunda e uniformemente irá movimentar a energia interior. Esqueça a mente e o corpo.

Segundo Estágio: 15 minutos
Sente-se com os olhos fechados e a boca aberta e relaxada. Gire suavemente seu corpo a partir da cintura como uma haste balançando ao vento. Sinta o vento lhe balançando de um lado para o outro, para frente e para trás. Isso guiará sua energia desperta para o centro do umbigo.
Terceiro Estágio: 15 minutos
Deite-se de costas, com os olhos abertos e a cabeça imóvel, movimente os olhos no sentido horário. Deixe seus olhos girarem totalmente em suas órbitas, como se você estivesse seguindo um grande relógio, tão rápido quanto possível. É importante que a boca permaneça aberta e a mandíbula relaxada com uma respiração suave e uniforme. Isso irá trazer as energias centradas para o terceiro olho.
Quarto Estágio: 15 minutos
Feche seus olhos, fique em silêncio e reflita sobre algo.


Rainna Tammy - org.

________________________


1- A expressão “meditação” tem origem no latim meditare, que tem o sentido de "voltar-se para o centro", ou seja, de desconectar-se da esfera externa e concentrar a atenção no interior do ser. No sânscrito ela é conhecida como dhyana, pois é conquistada por meio dos exercícios denominados de dharana – concentração. No idioma chinês ela transmuta-se em ch’anna, reduzida à forma Ch’an e Zen na língua japonesa.


Bibliografia


OSHO. Meditação: a arte do êxtase. - São Paulo: Pensamento-Cultrix, 2005.

PAZIAN, Humberto. Meditação um caminho para a felicidade. - São Paulo: Pelit, 2006.