segunda-feira, 18 de maio de 2015

Técnicas de Hipnose Clássico e Ilusionista



Hipnose é uma técnica clássica usada pelos sacerdotes curandeiros para enganar o cérebro   deixar a pessoa  relaxada usando  a energia magnética pessoal.  A hipnose é uma terapia para controlar e curar diversos distúrbios psicológico, psíquico, orgânico, disfunção alimentar, elimina vícios e manias das pessoas.  São exercícios que reprograma o cérebro com novas ordens. A partir desse momento hipnótico o cérebro acata e obedece a uma nova ordem. 
A técnica hipnótica varia de acordo com a necessidade e do problema do paciente receptor. Há caso que o operador não consegue deixar o paciente em transe nas primeiras sessões porque está muito tenso e não consegue relaxar ou o seu cérebro não aceita comando de uma voz desconhecida. Para estes casos o operador que doar maior quantidade de energia magnética.
Franz Anton Mesmer (1734 – 1815) foi uns dos médicos que usou técnica de hipnose e o magnetismo pessoal para restaurar a energia vital de uma pessoa enferma. O procedimento usado por Mesmer ocasionou grande polêmica na medicina, foi chamado de charlatão, sofreu perseguição política, religiosa e da classe científica.
Em 1792, Mesmer vê-se forçado a retirar-se de Paris e instalou-se em uma pequena cidade suíça.
Em 1812, a Academia de Ciências de Berlin convida para prestar esclarecimento sobre o poder magnético, energia vital e hipnose, mas recusou tal convite. Após a sua morte, Mesmer foi reconhecido como o grande magnetizador francês.
Hoje a ciência comprova a importância desse procedimento na medicina como terapia auxiliar da medicina convencional.
A Hipnose em si cura temporariamente, foi preciso associar outras técnicas terapêuticas para que o resultado viesse ser satisfatório.


Classificação de técnicas da Hipnose

Na antiguidade os sacerdotes médicos utilizavam bebidas sagradas e a hipnose para curar enfermidade orgânica, psíquica, psicológica e nos procedimentos cirúrgicos. Até o momento não se sabe a origem dessas técnicas hipnóticas. Diversos povos usavam essas técnicas de auto induzir ou alter-induzir desde o período clássico. Argumentam que a técnica hipnótica começou após o homem observar o comportamento de alguns animais na natureza. Após alguns anos observando a aranha, a serpente e outros animais puderam concluir que os olhos são poderosos agentes magnéticos. O ser humano também é portador dessa energia poderosa, pode encantar e dominar uma pessoa ou animal com seus olhos magnéticos. Essa energia extraordinária é irradiada no som da voz, distribuída nas mãos e outros órgãos.

1  1- Clássico: hipnose induzida por um operador que estipulava o comando, a ordem ao cérebro do paciente de forma direta, autoritária e coerciva. No momento da hipnose o paciente passava por estágio de estado da vigília em relaxamento consciente e lúcido.

   2- Ilusionista: hipnose clássica usado nos teatros, circos, festa de aniversário, reunião pública, instituições religiosas com algo poderoso que domina e controla o cérebro de uma pessoa de forma coerciva. O operador hipnotiza suas vítimas colocando numa situação constrangedora e ridícula. Induz o público assistente acreditar que é algo divino, sobrenatural e portador de grande poder capaz de controlar, comandar o cérebro de uma pessoa. Tais pessoas hipnotizadas são vítimas de artimanhas diabólicas ou de alguma maldição.

3- Associação: Hipnoterapeuta induz o cérebro a obedecer à ordem e ser disciplinado através do diálogo com o paciente durante a hipnoterapia. Reeducar e disciplinar o cérebro são uns dos objetivos fundamentais no processo do tratamento para manter livres de padrões de pensamentos negativos causadores de diversos distúrbios psíquico, emocional e orgânico.

    4- Clínica: hipnoterapeuta usam diversos exercícios que trabalha a mente e o emocional. O paciente não fica em transe e nem dormir durante o processo da terapia.

5- Dinâmica: hipnoterapeuta trata o paciente brincando utilizando diversas dinâmicas e, são aplicadas de acordo com  problema. A dinâmica é aplicada individual e em grupo.

6- Visualização: os Místicos-esotérico utilizam a técnica de visualizar símbolos mágicos, Mandalas, caminhar num Labirintos e outros. Também utilizam outras técnicas terapêuticas como: Instrumentos Musicais, Dinâmica, Música Clássica e a Biodança como terapias para curar as enfermidades do corpo biológico, do corpo astral, combater vícios, manias etc.

  

Autora: Rainna Tammy

Fonte Pesquisa:

BAUER, Sofia. Manual de Hipnotismo Erickoniana

Hipnose clássico religioso https://youtu.be/KgxqKM_duaE

Jovem se rasteja após ser induzida por hipnotismo
https://youtu.be/6aYvhvbmmTM

O Ilusionista - Filme completo dublado HD   https://youtu.be/4BLC_bS2tcM

Os segredos da hipnose https://youtu.be/VcjwW5MrrBQ

Hipnose e Hipnoterapia Ericksoniana https://youtu.be/X7NeqummMJs

JAIME, Francisco de Moura. Lavagem Cerebral no meio Protestante.

ROTH, Ernest. Hipnose Prático. - Rio de Janeiro: Ediouro (Coleção Astral)

STONE, Joshua David. Psicologia da Alma: chaves para ascensão. [Trad. Eduardo Pereira e Ferreira] -  São Paulo: Pensamento, 2006.