segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Evolução humana: o homem de Cheddar



Estima-se que o "homem de Cheddar" migrou da Europa continental para as ilhas britânicas ao final da Era de Gelo.
Segundo o pesquisador, Víctor Acuña, professor da Escola Nacional de Antropologia e História do México, os negros africanos de olhos azuis migraram para regiões no Norte do planeta, a atual Britânia. Sua permanência num lugar frio e os raios solares escassos começaram a perder a pigmentação da pele e os seus cabelos ficaram soltos, ou seja, os cabelos cacheados foram ganhando nova forma tornando lisos e louros. A pigmentação da pele é uma proteção natural contra possíveis queimaduras e doenças de pele.
Em 1903, na Inglaterra foi encontrado restos mortais de um homem que viveu por volta de 10.000 anos atrás numa caverna na região próximo de Cheddar com perfil modificado: pele escura e cabelo liso.


Se existiu vários Adãos e várias Evas com características diferentes essa tese de negro ficar branco poderá cair por terra.


Até o presente momento não há uma verdade absoluta nas teorias científicas, apenas hipóteses. Tudo pode modificar e tudo evolui seria na questão de comportamento, conhecimento, atitude e moralmente. O DNA permanece para descobrirmos a nossas características, origens e história.
Eu acredito que o planeta Terra foi povoado por seres humanos com características diferentes. África se tornou berço da humanidade porque foi o que mais evoluiu e se destacou na época. Outras tribinagem estiveram ocultas, mas já existiam em várias partes do planeta. Acredito que os criadores dos humanos vieram de várias galáxias. Cada alienígena criou o humano com característica e semelhança do seu Criador e do seu povo. Provavelmente, esses Deuses Criadores é uno apenas para seu povo. Justificando os diversos títulos e nomes de Deuses da Criação humana. Talvez seja essa razão da presença de diversos alienígenas nos discos voadores vigiando o seu espaço e seu povo na Terra.


Autora: Rainna Tammy

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Chapada dos Guimarães-MT paraíso esquecido pelas autoridades



A fundação oficial do núcleo que originou o atual município de Chapada dos Guimarães deu-se no ano de 1751.
Por volta de 1722, o paulista Antônio de Almeida Lara juntamente com a sua equipe de homens aventureiros foram os primeiros habitarem nesta região. Apropriou das terras abrindo a sua fazenda, depois engenho do Buriti. Lara chegou a Cuiabá em 1720 numa das levas de bandeirantes pioneiros. Em 1721, como fazia pesquisas auríferas Rio Coxipó acima, tudo leva a crer tenha sido ele um dos fundadores do Arraial da Forquilha.
A primeira denominação foi Sant’Ana da Chapada, nome da célebre missão dos jesuítas comandada pelo padre Estevão de Castro. Mais tarde, o nome foi alterado para Chapada de Cuiabá. Não demorou muito e o nome foi novamente modificado, desta feita para Sant’Ana da Chapada de Guimarães.


Nesta ocasião governava a Capitania de Mato Grosso o Capitão General Luiz Pinto de Souza Coutinho - Visconde de Balsemão, que, acatando sugestão de portugueses naturais da cidade de Guimarães, acrescentou à denominação de Sant’Ana da Chapada o termo "de Guimarães". Outra fonte dá o termo como homenagem ao Duque de Guimarães, por imposição do mesmo Visconde de Balsemão.
Em 1814, o povoado foi elevado à categoria de Freguesia. Através da Lei Provincial nº 219 de 11 de dezembro de 1848, a localidade transformou-se em Distrito Administrativo. O Distrito de Paz de Chapada foi criado em 1875.
O município, com o nome de Chapada dos Guimarães, foi criado em 15 de dezembro de 1953, através da Lei Estadual nº 701.
Em 1994, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso pretendeu retornar à denominação de Chapada dos Guimarães para Chapada de Guimarães. A lei foi vetada pelo executivo permanecendo Chapada dos Guimarães.
Este paraíso natural atualmente encontra abandonada pelas autoridades. A pequena cidade pacata não possui escolas públicas de qualidades, não tem faculdade, não há uma escola profissionalizante, nem especialistas na área da medicina, não há incentivos para empreendimentos, sem fiscalização ambiental, moradia residencial no Parque Ambiental, o único correio não faz entrega das correspondências e nem de produtos. Os moradores não têm documentação do seu imóvel, valor dos imóveis para comprar tem preço exorbitantes fora da realidade do mercado, a única praça da cidade é amontoados de camelos que tentam sobreviverem vendendo artesanatos aos turistas que passam. Grandes números de pessoas desempregados atingiram no máximo o ensino médio e não são qualificadas. A minoria das pessoas de classe A e B tem outra moradia na capital de Cuiabá, colocam os filhos para estudarem nas melhores escolas e fazem tratamento médico na capital. Enquanto que pessoas de baixa renda ficam aguardando pela promessa política de um dia melhor.
A maioria da população fica no comodismo e mantém em silêncio porque os políticos manipulam promovendo eventos que alegram momentaneamente os moradores. Festas populares...
As autoridades podem oferecer qualidade de vida melhor para os chapadenses e os turistas sem danificar o ecossistema.

Autora: Rainna Tammy

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Jesus, filho da Estrela


Segundo relatos históricos bíblico, Maryam aos 14 anos de idade foi a mãe de Yeshúa, o Jesus de Nazaré, o Messias concebido através do Espírito Santo. Ela foi virgem antes de depois do nascimento do seu primogênito. A maioria da população a creditam nessa versão, mas toda mulher que engravidasse antes do casamento para não ser punida pela família e pela sociedade dizia que a criança era das Estrelas. Muitos argumentam: Será que Maryam durante a aprendizagem na Sabedoria da Ordem Iniciática Sacerdotal tenha engravidado de um faraó ou sacerdote egípcio? A família, provavelmente tenha criado um personagem espírito santo para ser o pai da criança que estava no seu ventre. O pai de Maryam deve ter forçado José assumir e casar, pois ele era o noivo prometido desde a infância. Naquela época uma criança gerada por um sacerdote era considerada divino. Por ser divino o futuro marido não podia questionar Deus. Ele deveria sentir honrado por ser escolhido para proteger o divino terreno.
Um manuscrito corpota evidencia que Maryam está ligada ao ocultismo, prática de curandeirismo, previsão do futuro através de oráculo, podia ver e relatar fatos através da vidência e clarividência.
Provavelmente, Maryam foi uma sacerdotisa preparada no Egito que cultuava deuses egípcios, que comunicava com extraterrestres e que seu filho Jesus também tenha sido iniciado na Sabedoria da Arte Antiga por ser uma criança das Estrelas.
A educação era para a minoria, somente uma criança descendente de sacerdote ou da classe dominante tinha esse privilégio. Maryam era uma camponesa rica por isso foi instruída.
Por que a igreja oculta a verdadeira história de Maryam? Por que os magos tinham afinidades e laços espirituais com a família de Yeshúa? Maryam seria a reencarnação da deusa Isis? Ou foi apenas uma sacerdotisa de Isis? A bíblia fala muito pouco sobre a vida de Maryam.


As discípulas de Yeshúa (Jesus) escreveram parte da história da bíblia, mas os rolos de papiros contendo relados históricos importantes desaparecem. Tais registros ofereciam perigo aos dogmas patriarcalismo já que as mulheres eram vistas como submissa e inferior ao homem. Portanto, os segredos mantêm até a presente data oculta e cheio de mistérios.
A bíblia repudia a mulher desde início em que o homem assume o poder religioso, político, econômico e social.


Seis séculos após a morte de Jesus uma nova visão foi imposta ao povo a fim silenciar a curiosidade do povo sobre a família de Jesus. Maryam torna um personagem importante no cristianismo e passa ser vista como imaculada, santa, escolhida por Deus para ser mãe do Messias, o filho concebido pelo Espírito Santo. Mas, somente Jesus deveria ser cultuado, adorado como salvador da humanidade. Isto significa que Maryam foi apenas a procriadora.
A bíblia jamais deve ser questionada e alterada porque é um livro sagrado, inspirado por Deus [1].
Aparição de Maryam e de outras mulheres líderes religiosas aconteceram em várias partes do mundo. Seria Maryam uma feminista ativista religiosa? O que Maryam queria revelar para humanidade? Seria Maryam a maior médium curandeira da época? A final quem foi Maryam?
Talvez, o que muitos não sabem é que Maryam foi abduzida e engravidou de um extraterrestre negro vindo da Estrela Vênus. Yeshúa é um alienígena, o filho da Estrela com um humano. Ele veio com a missão de conscientizar a população que havia outros reinos nas Estrelas, civilizações bem mais evoluídas e outros mundos menos evoluídos. Também ensinou a importância do amor para ser feliz na Terra. Há mundos espirituais e mundos de seres vivos superinteligentes que usufruem de tecnologia mega avançada. Yeshúa, a Estrela Vênus veio para Terra como humano divino com característica e semelhança do povo judeu e egípcio, passou por experiência como outros humanos. Várias ocasião se comportou e agiu como um humano [2].
A civilização egípcia acreditava que os seus deuses vinham da constelação de Órion. Então construíram a pirâmide trina de Gizé para conectar com deuses Sirius.
Os sumerianos cultuava Enlil como Estrela da Manhã, mas tarde recebeu o nome de Inanna Vênus. Enheduana, a filha do rei Sumo-sacerdote Sargão foi considerada o messias feminino vindo do planeta Inanna-Vênus.



Yeshúa, o divino retornou ao planeta Vênus (Lúcifer Ocidental) [3]. Motivo justificado por alguns esotéricos e religiosos por venerarem e cultuarem Lúcifer, o planeta Vênus.


Os seres humanos nunca estiveram sozinhos na Terra. Esses alienígenas responsáveis pela construção da Terra mantêm observando a evolução humana e acompanha passo a passo dos filhos semideuses que assumem liderança em vários campos profissionais por possuírem um QI elevado, conhecimento e experiência superior.

___________________________


1-      2 Timóteo 3.16:Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino...”

2- Apocalipse/Revelação 22:16: "Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vós para testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã".  

3- Lúcifer: significa Planeta Vênus, Estrela da Manhã, Estrela Brilhante Matutina e Luz Suprema. Os venusianos eram seres perfeitos portadores de luz.

Provas evidentes que o Messias era negro: https://youtu.be/pQCAaELAuxY




Autora: Rainna Tammy